Programa AGUAAN  - Agilização do Gerenciamento e Utilização de Águas com Algas Nocivas

O programa AGUAAN 
é o instrumento de trabalho pelo qual o Laboratório de Cianobactérias e Ficotoxinas (LCF) se relaciona com as Empresas de Abastecimento de Água, Vigilância Sanitária, outros Órgãos Ambientais Estaduais e Nacionais.

Este programa de cooperação entre o Laboratório de Cianobactérias e Ficotoxinas da FURG (RS, Brasil) e as empresas de saneamento de níveis estaduais: CORSAN (Rio Grande do Sul) e municipais como DMAE (Porto Alegre, RS), SANEP (Pelotas - RS) e DAEB (Bagé, RS) foi implantado no final de 1999 no estado do Rio Grande do Sul com apoio da FAPERGS no intuito de criar-se uma política para tomada de decisões quando os mananciais apresentam-se impactados por cianobactérias nocivas. Esse programa mais tarde teve a adesão do SAMAE (Caxias do Sul), da SANEPAR (todo o Estado do Paraná) e da SABESP (São Paulo) . Esse programa teve por objetivos a complementação da capacidade analítica da UPC, a organização de visitas e reuniões técnicas, o monitoramento completo dos mananciais, a determinação da toxicidade e análise de toxinas, além da confecção de propostas e políticas ambientais pelas empresas aos órgãos ambientais. Durante os primeiros doze anos de trabalho, o programa interveio com análises de cianotoxinas nos mananciais e em água tratada, aconselhando as equipes de tratamento, apontando medidas para a remoção das cianotoxinas e transferindo segurança às equipes do tratamento, vigilância sanitária e população em geral.

Em 2012, com apoio da FUNASA e os contatos obtidos pelo AGUAAN  demos início a um Projeto de medida da Eficiência de ETAs convencionais na remoção de hepatoxinas e neurotoxinas. Este Projeto durará até o final de 2015 e gerará um documento - revista da FUNASA.

Hoje, apesar do Laboratório estar voltado para a demanda da Pesquisa Oceanográfica, o Programa AGUAAN  traduz-se como um eficiente instrumento de trabalho e contatos entre a necessidade de análises de cianotoxinas e aconselhamento técnico e as respostas imediatas pelos laboratórios conveniados.